Directly go to the content
Celecoxib

Celecoxib

Celecoxib é um anti-inflamatório não esteroide. Este medicamento alivia, entre outros, as dores causadas por doenças reumáticas, como a artrite e a artrose.  

O que é o celecoxib?  

O celecoxib pertence ao grupo dos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). O principal efeito do celecoxib é a inibição da ciclooxigenase-2, uma enzima responsável pelo desencadeamento de reações inflamatórias, reduzindo não só a dor e a febre, mas também outros sintomas secundários comuns nas doenças reumáticas, como a rigidez e o inchaço das articulações. 

Quando deve ser usado celecoxib?  

Celecoxib é prescrito para o tratamento da dor, especialmente se esta estiver relacionada com inflamação. Por esta razão, celecoxib é frequentemente utilizado para patologias de origem reumática, tais como:  

  • Artrite reumatoide. Esta patologia causa inflamação das articulações. A articulação apresenta dor e rigidez, podendo também estar quente e inflamada. Outros sintomas são o cansaço, bursite e rigidez ou fraqueza muscular. A artrite reumatoide é uma doença autoimune. 
  • Artrose. Esta doença reumática é caracterizada pelo desgaste do tecido cartilaginoso. Este tecido forma uma camada protetora entre as superfícies de atrito dos ossos articulares. Se este tecido desaparecer, as superfícies articulares ósseas podem entrar em contacto entre si, o que provoca dor, inflamação e rigidez articular. As articulações também podem clicar durante o movimento e causar uma sensação de instabilidade. 
  • Espondiloartrite axial (também denominada doença de Bechterew). Esta patologia causa inflamação das articulações da pélvis e da coluna vertebral. A dor e rigidez decorrentes desta patologia manifestam-se principalmente na região lombar (parte superior das nádegas) e nos quadris. Por vezes, o pescoço também é afetado. Além de dores nas articulações, também podem ocorrer dores musculares, alterações na visão, desconforto intestinal, problemas na pele e cansaço. A espondiloartrite axial é uma doença autoimune, tal como a artrite reumatoide.  

O celecoxib não cura as doenças reumáticas. Este fármaco alivia simplesmente os sintomas associados a essas patologias.  

Como deve ser usado celecoxib?  

Celecoxib apresenta-se sob a forma de comprimidos. Tome sempre este medicamento de acordo com as instruções de um médico. As diretrizes gerais para tomar celecoxib são as seguintes:  

  • Engula o comprimido inteiro com um pouco de água.  
  • O medicamento pode ser tomado a qualquer hora do dia, mas de preferência a uma hora fixa. Desta forma, será mais difícil esquecer-se de tomar uma dose.  
  • Se for propenso a problemas gástricos, recomendamos que tome o comprimido com alimentos.  
  • Se se esqueceu de tomar o medicamento, poderá tomá-lo quando se lembrar, a menos que seja próximo da hora da dose seguinte. Neste último caso, não tome o comprimido esquecido.  
  • Por vezes, este medicamento pode causar efeitos secundários. Não conduza nem opere máquinas perigosas enquanto estes efeitos persistirem.  
  • Tenha cuidado com o álcool e as especiarias picantes se tiver um estômago facilmente irritável. Estes alimentos podem irritar o estômago, pelo que o desconforto gástrico pode surgir mais facilmente.  

No folheto informativo encontrará mais informações sobre a utilização de celecoxib.  

Dosagens  

Celecoxib apresenta-se sob a forma de comprimidos de 100 mg e 200 mg. O seu médico indicará qual a dose mais indicada para si. As diretrizes gerais para o uso de celecoxib são as seguintes:  

Artrite reumatoide:  

  • Adultos: 1 comprimido de 100 mg duas vezes ao dia. O médico poderá aumentar a dose até um máximo de 400 mg por dia (200 mg duas vezes ao dia).  

Artrose:  

  • Adultos: 200 mg por dia (200 mg uma vez ao dia ou 100 mg duas vezes ao dia).  

Espondiloartrite axial:  

  • Adultos: 200 mg por dia (200 mg uma vez ao dia ou 100 mg duas vezes ao dia). Se necessário, o médico poderá aumentar a dose até um máximo de 400 mg por dia.  

A dosagem para o tratamento de outras patologias pode ser diferente. Este medicamento não é adequado para crianças e jovens com menos de 18 anos. Leia o folheto informativo antes de utilizar este medicamento.  

Quais são os efeitos secundários de celecoxib?  

Os medicamentos podem provocar efeitos secundários, embora isso nem sempre aconteça. Os efeitos secundários que pode observar ao tomar celecoxib incluem:  

  • Hipertensão;  
  • Desconforto gastrointestinal. Os efeitos secundários podem variar de leves, como náusea ou azia, a graves, como úlcera péptica. O seu médico poderá receitar um protetor gástrico para evitar esses sintomas;  
  • Erupção cutânea acompanhada de comichão;  
  • Retenção de líquidos nos tornozelos, pernas ou mãos;  
  • Com uso prolongado: aumento do risco de doença cardiovascular. Este risco é maior em pessoas com suscetibilidade a essas doenças.  

O folheto informativo contém inclui uma lista completa de todos os efeitos secundários possíveis. Se sentir quaisquer efeitos secundários, consulte um médico ou farmacêutico. Consulte um médico de imediato se verificar efeitos secundários graves, como uma reação alérgica aguda.  

Quando não se deve usar celecoxib?  

Este medicamento não é adequado para todos. Não tome celecoxib se: 

  • Tiver hipersensibilidade à substância ativa celecoxib ou a qualquer um dos excipientes do comprimido; 
  • Tiver hipersensibilidade às sulfonamidas ou, se após tomar ácido acetilsalicílico ou qualquer outro anti-inflamatório não esteroide, desenvolver polipos nasais ou sofrer de um ataque de asma, congestão nasal ou reações alérgicas;  
  • Tiver uma úlcera péptica ou hemorragia gastrointestinal ativa atualmente;  
  • Tiver qualquer doença renal ou hepática grave;  
  • Se sofrer de doença inflamatória intestinal, como a doença de Crohn;  
  • Se sofrer de alguma doença cardiocirculatória (consultar folheto);  
  • Se estiver grávida, quiser engravidar ou estiver a amamentar. Este medicamento é prejudicial para o feto durante os últimos três meses de gravidez, além disso, também é aconselhável não tomar este medicamento durante os primeiros seis meses de gravidez. Se engravidar enquanto estiver a tomar celecoxib, deve parar imediatamente de tomar o medicamento. Deseja engravidar? Nesse caso, tenha em atenção que celecoxib pode dificultar a conceção.  

Em alguns casos, deve ter cuidados especiais ao usar este medicamento. Por exemplo, se: 

  • Sofrer de diabetes, se é fumador e/ou tem hipertensão ou hipercolesterolemia;  
  • Já teve hemorragia gastrointestinal ou úlcera péptica no passado;  
  • Sofrer de alguma disfunção renal, hepática ou cardíaca;  
  • Sofrer de retenção de líquidos ou de desidratação.  

No folheto informativo encontrará um resumo completo das situações em que não deve utilizar celecoxib ou em que deve ter um cuidado especial com este medicamento. Consulte o seu médico se alguma das advertências acima se aplicar a si.  

Posso usar celecoxib em combinação com outros medicamentos?  

Alguns medicamentos podem interagir uns com os outros. Este efeito é denominado “interação”. Celecoxib interage, entre outros, com os seguintes medicamentos:  

  • Outros medicamentos do grupo dos AINEs (anti-inflamatórios não esteroides);  
  • Dextrometorfano (um antitússico);  
  • Inibidores da ECA ou inibidores da enzima conversora da angiotensina II (medicamentos contra a hipertensão e insuficiência cardíaca);  
  • Diuréticos;  
  • Alguns antifúngicos e antibióticos (por exemplo, fluconazol e rifampicina);  
  • Alguns anticoagulantes como a varfarina;  
  • Medicamentos para transtornos mentais, como lítio, alguns neurolépticos e alguns antidepressivos;  
  • Betabloqueadores (medicamentos para a hipertensão e doenças cardíacas, entre outras patologias);  
  • Alguns medicamentos imunossupressores, como a ciclosporina.  

No folheto informativo encontrará uma lista completa de medicamentos que interagem com celecoxib. Se estiver a tomar algum destes medicamentos, pergunte ao seu médico se pode combiná-los com celecoxib.  

Onde posso adquirir celecoxib?  

Celecoxib comprimidos vende-se exclusivamente em farmácias (online).  

Posso comprar celecoxib sem receita?  

Este medicamento está sujeito a receita médica. O seu médico poderá receitar celecoxib após uma consulta (online).  

Fontes  

Comité de Avaliação de Medicamentos dos Países Baixos. (Sem data). Celecoxib CF 100 mg, comprimidos duros. Banco de Informação de Medicamentos dos Países Baixos. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://www.geneesmiddeleninformatiebank.nl/ords/f?p=111:3::SEARCH:NO::P0_DOMAIN,P0_LANG,P3_RVG1:H,NL,112342  

Real Sociedade Neerlandesa para a Promoção da Farmácia. (18 de agosto de 2020). Celecoxib. Apotheek.nl. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://www.apotheek.nl/medicijnen/celecoxib  

ReumaNederland. (Sem data-a). Artrose. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://reumanederland.nl/reuma/vormen-van-reuma/artrose/  

ReumaNederland. (Sem data-b). Espondiloartrite axial. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://reumanederland.nl/reuma/vormen-van-reuma/axiale-spondyloartritis/  

ReumaNederland. (Sem data-c). Medicamentos. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://reumanederland.nl/reuma/behandelingen/medicijnen/  

ReumaNederland. (Sem data-d). Artrite reumatoide. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://reumanederland.nl/reuma/vormen-van-reuma/reumatoide-artritis-ra/  

Instituto de Saúde dos Países Baixos. (Sem data). Celecoxib. FK Online. Consultado a 16 de novembro de 2020 em https://www.farmacotherapeutischkompas.nl/bladeren/preparaatteksten/c/celecoxib