Directly go to the content
Thyrofix 

Thyrofix 

  • Medicamento para a tiroide 
  • Tratamento de diversas patologias da tiroide 
  • Tomar em jejum 
  • Ter atenção com alimentos com soja 

Sobre Thyrofix 

A levotiroxina sódica, a substância ativa deste medicamento, é uma hormona sintética da tiroide e tem o mesmo efeito que as hormonas naturais da tiroide. 

Este medicamento é usado: 

  • Para o tratamento do bócio (glândula tiroide aumentada) em pacientes com um funcionamento normal da tiroide; 
  • Para prevenção de bócio recorrente após a cirurgia; 
  • Para substituir as hormonas naturais da tiroide quando esta não produz o suficiente; 
  • Para suprimir o crescimento de tumores em casos de cancro da tiroide. 

Os comprimidos de 13, 25, 50, 62, 75, 88 e 100 microgramas de Thyrofix também são utilizados para estabilizar a quantidade de hormonas da tiroide quando a glândula da tiroide produz hormonas em excesso e está a receber tratamento com medicamentos tirostáticos. 

Thyrofix 75, 100, 150 e 200 microgramas também pode ser usado para testar o funcionamento da tiroide. 

Utilização 

Tome Thyrofix conforme indicado pelo médico ou farmacêutico.  

Tome a dose diária de manhã com o estômago vazio (pelo menos meia hora antes do pequeno-almoço), de preferência com uma pequena quantidade de líquido, por exemplo meio copo de água. 

No caso de bebés, a dose diária do medicamento deve ser dada na totalidade, pelo menos meia hora antes da primeira refeição do dia. Triture o comprimido e misture o pó com um pouco de água. Dê a mistura ao bebé imediatamente após a preparação.  

Posologia 

Um médico determinará a dose a tomar, com base em exames e resultados de exames laboratoriais. Normalmente, o tratamento é iniciado com uma dose baixa, que é aumentada a cada 2 a 4 semanas até que a dose individual ideal seja atingida. 

No folheto informativo, encontrará mais informações sobre a dosagem habitual. 

Álcool/condução 

Este medicamento não afeta a capacidade de conduzir. Também não existem avisos em relação ao consumo de álcool. 

Medicamento a mais ou a menos / parar de tomar Thyrofix 

Se tomar mais do que a dose prescrita, pode sentir um aumento da frequência cardíaca, ansiedade, excitação, inquietação (agitação) ou movimentos não intencionais. Os pacientes com epilepsia ou suscetibilidade a psicoses podem sofrer mais dessas patologias. Consulte um médico se isso acontecer. 

Esqueceu-se de tomar o medicamento? NÃO tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Tome a dose seguinte à hora normal. 

Para que o tratamento seja bem sucedido, o medicamento deve ser tomado regularmente de acordo com a dose prescrita pelo médico. Não altere, não interrompa nem pare o tratamento sem consulta. 

Quando não se deve utilizar o medicamento 

Thyrofix não é indicado para todos. Por exemplo, não utilize este medicamento nas seguintes situações: 

  • Se for alérgico a qualquer componente do medicamento (consultar a rubrica “Composição”); 
  • Se sofre de doença não tratada da glândula suprarrenal ou da glândula pituitária ou se a sua tiroide produz hormonas em excesso (tirotoxicose); 
  • Se teve recentemente um ataque cardíaco, uma inflamação súbita do músculo cardíaco e/ou uma inflamação súbita de todas as camadas da parede do coração (pancardite). 

Quando deve ter cuidados adicionais com este fármaco? 

Consulte um médico ou farmacêutico sobre a utilização de Thyrofix nas seguintes situações: 

  • Se tem uma doença cardíaca específica (angina pectoris, insuficiência cardíaca, batimentos cardíacos rápidos e irregulares, tensão arterial elevada ou depósitos de gordura nas paredes arteriais (arteriosclerose)); 
  • Se se encontra na menopausa (ou já ultrapassou essa fase), uma vez que neste caso terá um risco maior de osteoporose; 
  • Se passar de um medicamento com levotiroxina para outro; 
  • Antes de iniciar ou parar de usar o medicamento para emagrecer orlistato, ou ajustar o tratamento com orlistato;   
  • Se desenvolver sintomas associados a uma psicose; 
  • Se sofrer de epilepsia. 

Poderá necessitar de controles mais frequentes ou de ajustes de dose. O médico também poderá realizar outros exames antes de receitar este medicamento. 

No folheto informativo, encontrará mais advertências sobre a administração de Thyrofix. 

Gravidez e amamentação 

Se estiver grávida, continue a tomar este medicamento. Informe o seu médico, pois pode ser necessário ajustar a dose. Não tome este medicamento juntamente com medicamentos tirostáticos (medicamentos que reduzem o funcionamento da glândula tiroide) se estiver grávida. 

Se estiver a amamentar, continue a tomar este medicamento conforme indicado pelo seu médico. A quantidade de fármaco que passa para o leite materno é tão pequena que não afeta o bebé. 

Toma outros medicamentos? 

Thyrofix pode interagir com outros medicamentos, por exemplo: 

Medicamentos para tratamento da diabetes; 

  • Derivados cumarínicos (diluidores do sangue); 
  • Medicamentos para a ligação dos ácidos biliares e redução dos níveis de colesterol (como colestiramina ou colestipol). Tome Thyrofix 4 a 5 horas antes destes medicamentos; 
  • Antiácidos, sucralfato (para o tratamento de úlceras do estômago e do duodeno) e medicamentos com alumínio, ferro ou carbonato de cálcio. Tome Thyrofix pelo menos 2 horas antes desses medicamentos; 
  • Propiltiouracil (reduz a função da tiroide); 
  • Glicocorticoides (medicamentos para tratamento de alergias ou inflamações); 
  • Bloqueadores beta (medicamentos para tratamento da hipertensão/doenças cardíacas); 
  • Sertralina (medicamento para tratamento da depressão); 
  • Cloroquina ou proguanil (medicamentos para tratamento da malária); 
  • Medicamentos que ativam certas enzimas hepáticas, como barbitúricos ou carbamazepina; 
  • Estrogénio, por exemplo na pílula contracetiva ou medicamentos para terapia de reposição hormonal; 
  • Sevelamer (medicamento para tratamento da insuficiência renal); 
  • Orlistato (medicamento para emagrecimento); 
  • Inibidores da tirosina quinase (como imatinibe e sunitinibe) usados ​​no tratamento do cancro;  
  • Antidepressivos tricíclicos (como amitriptilina, imipramina); 
  • Salicilatos (analgésicos que reduzem a febre); 
  • Dicumarol (para a prevenção de coágulos sanguíneos); 
  • Furosemida em altas doses de 250 mg (diurético); 
  • Clofibrato (medicamento para redução da gordura no sangue); 
  • Ritonavir, indinavir, lopinavir, (medicamento para tratamento do VIH); 
  • Fenitoína (medicamento para tratamento da epilepsia). 

Informe o seu médico se estiver a tomar amiodarona (medicamento para o tratamento de problemas do ritmo cardíaco); este medicamento pode afetar o funcionamento e a atividade da tiroide. 

No folheto informativo poderá consultar um resumo dos medicamentos com os quais Thyrofix interage. 

Efeitos secundários 

Os medicamentos podem provocar efeitos secundários embora nem todas as pessoas os observem. Os efeitos secundários de Thyrofix incluem: 

  • Perda de peso; 
  • Aumento de apetite; 
  • Agitação involuntária (tremores); 
  • Inquietação, irritabilidade, ansiedade/excitação (agitação); 
  • Insónia; 
  • Dores de cabeça; 
  • Aumento da pressão do crânio com inchaço dos olhos (especialmente em crianças); 
  • Insuficiência cardíaca, ataque cardíaco, distúrbios do ritmo cardíaco (especialmente palpitações), dor no peito com sensação de aperto (angina pectoris); 
  • Aumento da tensão arterial; 
  • Vómitos, diarreia, náuseas, cólicas; 
  • Dificuldades respiratórias; 
  • Debilidade muscular e cãibras musculares; 
  • Menstruação irregular; 
  • Hiperidrose, calor (vermelhidão do rosto), febre; 
  • Queda de cabelo. 

Consulte o seu médico se verificar algum destes efeitos secundários. Procure atendimento médico imediato se tiver uma reação alérgica grave. 

Composição 

A substância ativa é a levotiroxina. Cada comprimido contém 13, 25, 50, 62, 75, 88, 100, 112, 125, 137, 150, 175 ou 200 microgramas de levotiroxina sódica. 

Os restantes componentes deste medicamento são celulose em pó (E460), croscarmelose sódica (E468), sílica coloidal anidra (E551), celulose microcristalina (E460) e estearato de magnésio (Ε572). 

Thyrofix é fabricado por: 

Uni-Pharma Kleon Tsetis Pharmaceutical Laboratories S.A. 
14th km National Road 1 

GR-145 64 Kifisia 
Grécia 

Folheto informativo 

Antes de utilizar, leia o folheto informativo. Poderá descarregar aqui o folheto informativo oficial de Thyrofix.